• Laços da Saúde

Não era isso que eu queria dizer!

Atualizado: 17 de Out de 2020

Você sabe o que é ato falho?

Porque falamos o que não devia?

Como evitar?


Para Freud o acesso ao inconsciente só é possível a partir de erros, lapsos e distrações, tal como um labirinto. Conhecer o termo “ato falho” é importante para entendermos melhor o nosso inconsciente.


A mente humana é surpreendentemente protetora, e é muito interessante descobrir que quando erramos estamos na verdade acertando, o ato falho nos permite descobrir muitas coisas, sendo a chave para muitas questões mal resolvidas dentro de nós.


Descobrir que estas falhas são verdadeiramente acertos faz toda diferença, ao invés de encontrar culpa, utilizamos esta situação para solucionar nossos problemas manifestos, Freud disse “Tais erros não são apenas erros, não são falhas sem significados”, averiguamos a partir daí que atos falhos são liberações de desejos inconscientes, ou seja, uma ideia insuportável escondida se manifestando através de sua falha.


Temos então a explicação do porquê nenhuma palavra, pensamento ou memória são um acidente, o inconsciente tem muito a nos revelar, mesmo que nossa mente se esforce para manter seus conteúdos escondidos. Se nossa mente não cometesse atos falhos, talvez nunca descobriríamos ou solucionaríamos pequenos problemas que podem se tornar uma bola de neve.


Mayara Mello

Psicóloga

CRP 06/162732


Posts recentes

Ver tudo